SUA PELE
COM ATITUDE
E PERSONALIDADE.

A Dra. Manoela

A Dra. Manoela Crisóstomo é dermatologista com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Fundadora da Clin, com expertise em dermatologia geral, cosmética, câncer de pele e cirurgia dermatológica, sua clínica tem recebido algumas honrarias e prêmios pela qualidade e reconhecimento do trabalho realizado.

A Dra. Manoela Crisóstomo terminou sua especialização no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay, no Rio de Janeiro, um dos melhores centros de dermatologia do Brasil.

Hoje, dirige a Clin e coordena as condutas tomadas pelo Setor de Dermatologia e pelos setores de Estética Facial e Fisioterapia Corporal.

Utilizadora das mais avançadas tecnologias no auxílio diagnóstico e tratamento da pele, ela dedica-se com especial atenção à utilização do Laser na Dermatologia tendo no Centro de Laser da Clin os mais modernos aparelhos para o tratamento estético da pele, rejuvenescimento facial, flacidez, celulite e gordura localizada.

A Dra. Manoela Crisóstomo está sempre atenta às novidades tecnológicas nos congressos internacionais trazendo para Fortaleza as melhores e mais seguras tecnologias para cuidar da saúde da pele.

Saiba mais
Dra. Manoela Crisostomo - Clin

Dra. Manoela Crisóstomo

A Dra. Manoela Crisóstomo é médica formada pela Universidade Federal do Ceará e pós-graduada em Dermatologia em um dos melhores centros de formação do país, o Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay, no Rio de Janeiro.

Após os dois anos de pós-graduação, permaneceu no Serviço por mais um ano opcional, através do qual se aprofundou nos setores de Dermatoscopia (lesões de pele) e de Cosmiatria.
Complementou sua formação como dermatologista-assistente da Dra. Paula Bellotti durante um ano, em uma das maiores clínicas de dermatologia do Rio de Janeiro, onde teve contato com os mais modernos tratamentos em dermatologia estética e laser.

Acompanhou ainda as atividades da Dra. Silvia Mello, dermatologista da Clínica Ivo Pitanguy, durante seis meses.

A Dra. Manoela foi professora de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) e preceptora da Residência de Dermatologia do Hospital Universitário da UFC durante dois anos, além de ter desenvolvido atividade filantrópica no Hospital e Maternidade Paulo Sarasate durante 6 anos. Esta atividade é continuada pelas dermatologistas-assistentes da Clin.

Em Fortaleza, a Dra. Manoela utiliza as mais avançadas tecnologias no auxílio diagnóstico e tratamento. Dedica-se com especial atenção à utilização do Laser na Dermatologia tendo no Centro de Laser da Clin os mais modernos aparelhos para o tratamento estético da pele, rejuvenescimento facial, flacidez, celulite e gordura localizada e cabelos.

Atualmente, a sua atividade profissional está concentrada na Clin onde atende todos os dias da semana e coordena as condutas tomadas pelo Setor de Dermatologia e pelos setores de Estética Facial e Fisioterapia Corporal.

É fundadora da Clin e tem como missão personalizar o tratamento, cientificamente comprovado, e fornecer a reparação e a prevenção em curso para restaurar a sua pele e saúde natural do corpo.

A Equipe

Imagem Equipe Clin

A Clin possui uma equipe de quatro dermatologistas coordenada pela Dra. Manoela Crisóstomo, que está sempre se atualizando na maioria dos congressos nacionais e internacionais da área, buscando um melhor aperfeiçoamento e trazendo novidades tecnológicas. Além disso, a equipe reúne-se constantemente para discutir novos protocolos e tratamentos de alguns pacientes.

Tratamentos

Acne

Acne

Tecnologia que utiliza vários diodos de cores diferentes cada um com um tipo de penetração na pele.… +

Acne

Acne

Tecnologia que utiliza vários diodos de cores diferentes cada um com um tipo de penetração na pele. A ação depende do comprimento da luz.

O LED vermelho estimula o CRESCIMENTO DO CABELO. Auxilia a produção de colágeno, a cicatrização e a diminuição do processo inflamatório da pele.

O LED azul auxilia no tratamento de ACNE INFLAMATÓRIA. Pode ser realizado em gestantes.

E o LED incolor estimula a produção de colágeno, sendo indicado para o REJUVENESCIMENTO FACIAL.

Pode-se voltar às atividades normais imediatamente após a sessão.

Clareamento de melasmas

Clareamento de melasmas

O clareamento de melasmas suaviza manchas, poros e uniformiza a textura da pele.

Laser de Neodímio: ítrio-alumínio-granada… +

Clareamento de melasmas

Clareamento de melasmas

O clareamento de melasmas suaviza manchas, poros e uniformiza a textura da pele.

Laser de Neodímio: ítrio-alumínio-granada em Q-switched (Nd:YAG Q-Switched).

Desenvolvido para tratar um grande número de aplicações dermatológicas e estéticas, o Spectra™ é capaz de fornecer quatro comprimentos de onda. O sistema remove de forma fotoacústica diversos tipos de lesões pigmentadas bem como diferentes cores de tatuagem com facilidade.

O Spectra™ utiliza pulsos laser de alta intensidade e ultra-rápidos (nanosegundos), para clarear de forma significativa ou remover completamente pigmentos e partículas de tatuagem preservando o tecido saudável ao redor. Quando os melanossomas e partículas de tatuagem absorvem a luz do laser, eles são fragmentados e absorvidos naturalmente pelo organismo.

Também utiliza a forma fototérmica para suavizar rugas finas, poros abertos e rosácea.

Utilizado para tratamento de MELASMA, MELANOSES, TATUAGEM, OLHEIRAS, POROS DILATADOS e ACNE (CICATRIZES E LESÕES ATIVAS), além de outras DISCROMIAS (AXILAS E VIRILHAS).

Indicado em todos os tipos de pele, sendo necessárias de 6 a 15 sessões. Manutenção com uma sessão a cada mês.

A aplicação é rápida, sem efeitos colaterais e não altera a rotina.

Clareamento de tatuagens

Clareamento de tatuagens

O clareamento de tatuagens suaviza manchas, poros e uniformiza a textura da pele.

Laser de Neodímio: ítrio-alumínio-granada… +

Clareamento de tatuagens

Clareamento de tatuagens

O clareamento de tatuagens suaviza manchas, poros e uniformiza a textura da pele.

Laser de Neodímio: ítrio-alumínio-granada em Q-switched (Nd:YAG Q-Switched).

Desenvolvido para tratar um grande número de aplicações dermatológicas e estéticas, o Spectra™ é capaz de fornecer quatro comprimentos de onda. O sistema remove de forma fotoacústica diversos tipos de lesões pigmentadas bem como diferentes cores de tatuagem com facilidade.

O Spectra™ utiliza pulsos laser de alta intensidade e ultra-rápidos (nanosegundos), para clarear de forma significativa ou remover completamente pigmentos e partículas de tatuagem preservando o tecido saudável ao redor. Quando os melanossomas e partículas de tatuagem absorvem a luz do laser, eles são fragmentados e absorvidos naturalmente pelo organismo.

Também utiliza a forma fototérmica para suavizar rugas finas, poros abertos e rosácea.

Utilizado para tratamento de MELASMA, MELANOSES, TATUAGEM, OLHEIRAS, POROS DILATADOS e ACNE (CICATRIZES E LESÕES ATIVAS), além de outras DISCROMIAS (AXILAS E VIRILHAS).

Indicado em todos os tipos de pele, sendo necessárias de 6 a 15 sessões. Manutenção com uma sessão a cada mês.

A aplicação é rápida, sem efeitos colaterais e não altera a rotina.

Depilação a Laser

Depilação a Laser

Laser de diodo (810 nm) que é absorvido pela melanina do pelo e tem penetração profunda na… +

Depilação a Laser

Depilação a Laser

Laser de diodo (810 nm) que é absorvido pela melanina do pelo e tem penetração profunda na derme.

A luz, ao atingir a derme, provoca superaquecimento dos pelos pigmentados, levando à desnaturação ou à coagulação irreversível da proteína, o que causa destruição total ou parcial do folículo piloso. No entanto, a melanina presente na epiderme compete com a melanina presente no pelo pela absorção da luz, diminuindo a eficácia e aumentando as chances de efeitos colaterais. O resfriamento da epiderme mostrou-se efetivo na minimização de lesões epidérmicas. A condução de calor durante o pulso do laser deve agir na área perifolicular (bulge) e atingir as stem cells destruindo-as, pois elas têm um papel importante na regeneração do folículo piloso.

Um dos métodos mais confortáveis para ELIMINAÇÃO PROGRESSIVA DOS PELOS da face e do corpo, pois apresenta sistema de refrigeramento integrado. Indicado para peles claras e escuras (mesmo as recém-bronzeadas), sem causar manchas. É necessária uma média de 8 sessões com intervalo de 45 a 60 dias entre cada uma. Não age em pelos brancos.

O procedimento deve ser realizado de preferência por um dermatologista experiente, pois o uso de subdoses de energia pode estimular o crescimento de pelos ou, ainda pior, produzir apenas o clareamento e afinamento do pelo, o que dificulta ou impede uma remoção completa e prolongada na área tratada.

Estrias e rejuvenescimento

Estrias e rejuvenescimento

Aparelho que fornece uma energia bipolar de RADIOFREQÜÊNCIA (RF) através de uma matriz de eletrodos existente na… +

Estrias e rejuvenescimento

Estrias e rejuvenescimento

Aparelho que fornece uma energia bipolar de RADIOFREQÜÊNCIA (RF) através de uma matriz de eletrodos existente na ponta do aplicador descartável.

A energia de RF gera aquecimento dérmico profundo FRACIONADO na região do eletrodo e induz lesões na pele. A área ao redor não acometida ajuda no processo de cicatrização obtendo, assim, uma resposta mais eficiente de regeneração do tecido.

O recurso Feedback Sistema Inteligente do EMatrix fornece resposta em tempo real sobre a condição da pele, impedindo e fornecendo energia exata na pele.

Atinge as camada da epiderme e derme, promovendo aquecimento profundo e estimulando a produção de novas fibras de colágeno, o que melhora o aspecto das ESTRIAS BRANCAS E VERMELHAS, ALTERAÇÕES DE TEXTURA, CICATRIZES DE ACNE, RUGAS E POROS ABERTOS, além de garantir mais elasticidade à pele.

Pode ser aplicado em qualquer fototipo de paciente, em qualquer época do ano. A recuperação leva em torno de até 4 dias, mas o retorno às atividades pode ser feito no dia seguinte, com o uso de protetor solar com cor.

Flacidez facial, pescoço e colo

Flacidez facial, pescoço e colo

O ultrassom microfocado Ulthera® é a tecnologia que promove com precisão o aquecimento dos tecidos de 60-70º… +

Flacidez facial, pescoço e colo

Flacidez facial, pescoço e colo

O ultrassom microfocado Ulthera® é a tecnologia que promove com precisão o aquecimento dos tecidos de 60-70º C, temperaturas ótimas para a contração e desnaturação de colágeno, a profundidades específicas, promovendo o LIFTING DE TECIDOS e suavizando RUGAS PROFUNDAS DO COLO.

É um procedimento não invasivo que fornece energia de ultrassom para AUMENTO DE COLÁGENO em um único tratamento, sem tempo de inatividade, podendo ser realizado em pacientes com melasma e em qualquer fototipo e época do ano.

Após a limpeza da pele, é aplicado um gel de ultrassom. O dermatologista ou cirurgião plástico coloca o handpiece (aplicador) em contato suave sobre a pele em tratamento. O médico irá utilizar o ultrassom para determinar o posicionamento ideal para entregar a energia. Durante os disparos, sente-se um leve aquecimento e choques discretos abaixo da superfície da pele, pois a energia está sendo depositada em profundidades precisas, indicando que o processo de neoformação de colágeno foi iniciado.

Como não há tempo de inatividade com Ulthera, o paciente está livre para retornar às atividades normais imediatamente após o tratamento. Alguns pacientes parecem corados ou podem sentir um ligeiro inchaço, formigamento ou sensibilidade ao toque. Estes efeitos secundários são ligeiros e de natureza temporária, e não se espera que interfiram nas suas atividades normais.

É complementar a outros procedimentos estéticos faciais e corporais, sendo indicado para pacientes com flacidez leve a moderada da pele e que procuram tratamento para flacidez de pele não invasivo e sem tempo de recuperação (downtime). O tratamento é individualizado de acordo com os graus e regiões de flacidez. Promove resultados naturais e satisfatórios.

Alguns pacientes vêem os resultados imediatamente após o seu tratamento, mas os resultados reais aparecem ao longo de 2-3 meses, ou mesmo até 6 meses, com um novo colágeno promovendo a firmeza da pele de maneira natural e eficiente.

global.ultherapy.com/ultherapy/how-it-works

Luz intensa pulsada

Luz intensa pulsada

Não se trata de laser, mas de um sistema formado por flashlamps de alta energia que emitem… +

Luz intensa pulsada

Luz intensa pulsada

Não se trata de laser, mas de um sistema formado por flashlamps de alta energia que emitem luz policromática e de amplo espectro.

Luz intensa pulsada é indicada para tratamento de LESÕES VASCULARES E PIGMENTADAS DA PELE, além de melhorar a TEXTURA DA PELE, POROS E A POIQUILODERMIA DE CIVATTE (pimentação irregular + vasos + atrofia cutânea, região cervical).

A luz proveniente de uma flashlamp possui maior tendência à dispersão, por isso utiliza-se um óleo transparente que permite melhor difusão da energia na pele e menor índice de refração, com melhor eficácia no tratamento.

Pele mais uniforme, com manchas solares e vasos reduzidos e poros mais fechados.

Pode ser aplicada na face, pescoço, colo e dorso das mãos. Os resultados começam a ser percebidos em até 3 semanas, sendo já visíveis após a primeira sessão. É indicado uma média de 2-3 sessões mensais.

Preenchimento

Preenchimento

O Preenchimento é uma técnica que consiste na aplicação de substâncias compatíveis com nosso organismo (ácido hialurônico,… +

Preenchimento

Preenchimento

O Preenchimento é uma técnica que consiste na aplicação de substâncias compatíveis com nosso organismo (ácido hialurônico, hidroxiapatta de cálcio, ácido polilático – aprovados pela ANVISA) para preencher um espaço em que houve perda tecidual e estimular a produção de colágeno. O procedimento é rápido, sem necessidade de cuidados especiais após a aplicação.

Indicado para preencher sulcos indesejados, contorno facial, rugas estáticas, olheiras profundas, restaurar o volume dos lábios, da região malar e do dorso das mãos, promovendo maior sustentação da pele e estimulando o colágeno.

A aplicação é feita com agulha e o produto é injetado na derme (superficial, média ou profunda) e/ou supraperiósteo. A obtenção de uma colocação suave de preenchimento cutâneo, no nível apropriado da pele, é uma habilidade adquirida pelo aplicador, sendo ideal médicos dermatologistas que fazem esse tipo de procedimento com maior frequência.

Pode haver um pouco de dor, mesmo com anestesia tópica aplicada meia hora antes de iniciar o procedimento.

Após a aplicação, pode ocorrer discreto inchaço e hematoma que são temporários. Aplicar bolsa de gelo com proteção por 10 a 15 minutos por 3 dias ou até que o edema e hematoma se resolvam.

Os resultados são imediatamente visíveis. Os pacientes podem ver as melhoras imediatas no espelho após tratamento da hemiface e/ou no final do tratamento.

A duração dos resultados depende de vários fatores, sendo em geral de 4 a 12 meses para os preenchedores que contêm ácido hialurônico (AH) e de 12 a 18 meses para os preenchedores que contêm hidroxiapatita de cálcio (CaHa) e ácido polilático.

Recomenda-se a aplicação sequencial na área tratada para manter os resultados antes que a área retorne a sua aparência pré-tratamento. Os tratamentos subsequentes periódicos normalmente requerem menor quantidade de preenchedor cutâneo pois o volume residual do tratamento anterior ainda está presente.

Rejuvenescimento

Rejuvenescimento

O conceito de fototermólise fracionada foi introduzido por Manstein et al. em 2004. O aparelho tem como… +

Rejuvenescimento

Rejuvenescimento

O conceito de fototermólise fracionada foi introduzido por Manstein et al. em 2004. O aparelho tem como alvo a água e produz colunas de dano térmico, as chamadas microondas térmicas (MZT) de tratamento. A área ao redor não acometida pelo laser ajuda a regenerar mais rapidamente a pele atingida. Como há pouca água na camada córnea, esta permanece funcionalmente intacta, diminuindo o risco de infecções e outros efeitos adversos.

O laser de érbio tem comprimento de onda 1540 nm. É um laser fracionado não ablativo desenvolvido para promover um REJUVENESCIMENTO CUTÂNEO COM MELHORA DA TEXTURA, RUGAS, CICATRIZES DE ACNE, ESTRIAS, MANCHAS E FLACIDEZ.
Indica-se de 3 a 5 sessões com intervalo de 1 mês. A pele tende a ficar com leve eritema, edema e ardência. A drenagem linfática no mesmo dia ajuda a diminuir o edema, assim como máscara calmante e luz de emissão de diodo ajudam a diminuir ardência e eritema.

No dia seguinte, o paciente pode retornar ao trabalho.

Renovação da pele

Renovação da pele

O peeling mecânico bastante conhecido é o peeling de cristal, que promove esfoliação das células mortas e… +

Renovação da pele

Renovação da pele

O peeling mecânico bastante conhecido é o peeling de cristal, que promove esfoliação das células mortas e renovação superficial da pele.

O procedimento consiste em projetar sobre a pele uma peça manual com microcristais de hidróxido de alumínio quimicamente inertes. Na extremidade por onde entra em contato com a pele do paciente, adapta-se uma ponteira de alumínio com dois orifícios. O jato de microcristais sai com alta pressão, bombardeando a pele, ao mesmo tempo que a aspiração imediata recolhe os detritos.

Utilizado para suavizar manchas, linhas finas e estrias vermelhas. Normalmente, é associado a outra técnica (laser, LED ou radiofrequência).

Toxina Botulínica

Toxina Botulínica

A toxina botulínica é produzida pela cultura do Clostridium botulinum, bactéria anaeróbia Gram +.

Diversas apresentações de… +

Toxina Botulínica

Toxina Botulínica

A toxina botulínica é produzida pela cultura do Clostridium botulinum, bactéria anaeróbia Gram +.

Diversas apresentações de toxina botulínica tipo A (BTX-A) estão disponíveis no mercado brasileiro: Botox, Dysport, Prosigne e Xeomin. Ela revolucionou os procedimentos cosméticos no mundo todo para pacientes de ambos os sexos, sendo atualmente um dos mais utilizados em todo o território mundial.

Há mais de uma década, é utilizada para as rugas de expressão da face, demonstrando excelente perfil de segurança e eficácia, comprovado por inúmeros trabalhos científicos publicados a nível nacional e internacional.

Atualmente, seu emprego tem-se extendido para outras áreas da face como pescoço e colo. E mais recentemente, vem sendo aplicada também para algumas doenças da pele como psoríase e rosácea etc.

O objetivo da aplicação da toxina é obter resultados mais naturais possíveis promovendo aspecto harmônico e melhora do contorno facial, com importante impacto no rejuvenescimento global.

A aplicação é injetável, intramuscular ou intradérmica dependendo da localização e deve-se ter cuidado com a musculatura abordada, diluição e características físico-químicas do produto. Todos esses fatores devem ser considerados para se obter resultado eficaz, sem eventos inestéticos e indesejáveis.

Indicada para prevenir e tratar as rugas dinâmicas principalmente no terço superior da face (fronte, área entre as sobrancelhas, lateral dos olhos), além do tratamento de rugas ao redor da boca, pescoço e colo. Aplicada também em pacientes com sudorese excessiva nas axilas, assimetria facial e sorriso gengival.

Os efeitos aparecem após uma semana e podem durar de 3 a 6 meses, média de 4 meses. Nos casos de hiperhidrose axilar (sudorese excessiva), os resultados podem durar de 6 meses a 1 ano.

A aplicação é rápida com leve desconforto. Podem ocorrer equimoses e sensação de queimação nos locais da aplicação. Efeitos colaterais como ptose palpebral podem ocorrer por erro de técnica ou doses inadequadas.

Não é aconselhado deitar nas primeiras 4 horas após o procedimento e nem realizar atividade física no dia do procedimento.

Acne

Acne

A acne é uma doença extremamente comum que afeta mais comumente adolescentes e adultos jovens. Acomete homens… +

Acne

Acne

A acne é uma doença extremamente comum que afeta mais comumente adolescentes e adultos jovens. Acomete homens e mulheres mas geralmente os homens são afetados pelas formas mais graves da doença. Tem um curso crônico com origem no folículo pilossebaceo sendo influenciada por 4 fatores: aumento da produção sebácea (genético e hormonal), hiperqueratinização folicular, colonização bacteriana pelo Propionibacterium acnes e inflamação do folículo.

O quadro clínico varia de acordo com o paciente e com o tipo de acne e as lesões podem se manifestar como “cravos” pretos (comedões abertos), “cravos” brancos (comedões fechados), espinhas e cistos. As áreas em que a acne se manifesta com maior frequência são: face, colo, costas e ombros, locais onde há maior quantidade de glândulas sebáceas.

O diagnóstico da acne acontece através do exame clínico e de uma anamnese bem feita pelo dermatologista que avaliará individualmente cada caso.

O tratamento deve ser o mais precoce possível para minimizar os danos psicológicos e físicos (cicatrizes, hiperpigmentacões, ex). Inclui:

  1. tratamento tópico (agentes de limpeza, protetor solar, retinóides e derivados, peróxido de benzoíla, ácido salicílico, ácido azeláico, antibióticos,ex)
  2. tratamento sistêmico (antibióticos orais, contraceptivos e antiandrógenos, isotretinoína, ex)
  3. tratamento com luz e outras tecnologias (fototerapia-luz azul e luz vermelha, luz pulsada, laser, terapia fotodinâmica)
  4. dieta: estudos controlados demonstraram que dietas altas em produtos derivados do leite estão associadas a um aumento no risco para aparecimento e gravidade da acne. Nenhum estudo estabeleceu uma associação positiva entre acne e chocolate, gordura saturada ou consumo de sal.
  5. tratamentos complementares: limpeza de pele (extração manual de comedões), tratamento para cicatrizes (tecnologias combinadas), tratamento para hipertrofias pós inflamatórias (peelings, laser, agentes clareadores)

Todas as formas de acne podem ser controladas! Quando ela se manifesta de forma intensa, pode prejudicar a qualidade de vida e a auto-estima.

CA de pele

CA de pele

A dermatite seborreica é uma afecção de caráter crônico e recidivante com prevalência estimada em torno de… +

CA de pele

CA de pele

A dermatite seborreica é uma afecção de caráter crônico e recidivante com prevalência estimada em torno de 5%.

A etiologia está relacionada com a atividade das glândulas sebáceas, composição anormal do sebo e com o fungo comensal Malassezia furfur (Pityrosporum ovale). Fatores climáticos e emocionais interferem na evolução crônica.

Existem duas formas de apresentação, a infantil e a do adulto.

A DS infantil inicia-se entre a primeira e segunda semana de vida, é autolimitada, tende a resolução nos primeiros três meses de vida, afetando face, couro cabeludo e área das fraldas, com lesões eritemato-descamativas sem comprometer o estado geral. O tratamento nesta fase consiste nos cuidados com higienização, uso de emolientes e, quando necessário, administração de produtos a base de cetoconazol ou corticoesteróides de baixa potência sob orientação médica.

A DS do adulto inicia-se a partir da puberdade, atingindo seu ápice entre os 40 e 60 anos de idade, caracteriza-se por lesões eritemato-descamativas, preferencialmente, no couro cabeludo, orelhas, face, parte central tronco (pré-esternal e inter-escapular) e áreas intertriginosas (axilares, inframamárias e anogenital). O tratamento na fase adulta deve considerar a natureza crônica e recorrente desta afecção, necessitando, na maioria dos casos, de terapia de manutenção.

As medicações tópicas e/ou orais são instituídas de acordo com área acometida e intensidade do quadro clínico. Existem muitas opções no mercado farmacêutico, portanto, é muito importante o paciente ter seu tratamento individualizado por um profissional médico para garantir a sua eficácia.

Dermatite atópica

Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma afecção cutânea inflamatória e crônica, associada a doenças atópicas, como a asma… +

Dermatite atópica

Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma afecção cutânea inflamatória e crônica, associada a doenças atópicas, como a asma e a rinite alérgica.

Apresenta evolução em surtos, mais frequente na infância, podendo ocorrer em qualquer idade. Sua prevalência vem crescendo nos últimos anos, acometendo, atualmente, cerca de até 20% da população mundial.

A fisiopatologia da DA envolve alterações de ordem genética, psicológica, imunológica e ambiental. O defeito da barreira cutânea está associado com a redução dos níveis de ceramida e da produção de profilagrina, com maior perda de água transepidérmica e maior predisposição a agressões, que são gatilhos para as crises.

Os sintomas da DA são alterações cutâneas, como: xerose (pele ressecada), prurido (coceira) e lesões eritemato-descamativas (eczematosas).

O controle visa melhorar a qualidade de vida e prevenir recorrências e exacerbações, por meio do uso de medicamentos tópicos, como cremes hidratantes e pomadas (corticoides e imunomoduladores). Afastar os agravantes é imprescindível. Nos casos mais graves, são usados medicamentos sistêmicos, como corticoides e poupadores de corticoides (como metotrexate e ciclosporina), fototerapia e tratamento imunológico (realizado pelo alergologistas). A antibioticoterapia sistêmica, muitas vezes, torna-se necessária nos casos de crises recorrentes.

Os pacientes com DA e os cuidadores devem ser bem esclarecidos quanto a importância da rotina de cuidados diários. Esta medida é fundamental para garantir o sucesso do tratamento.

Dermatite seborréica

Dermatite seborréica

A dermatite seborreica é uma afecção de caráter crônico e recidivante com prevalência estimada em torno de… +

Dermatite seborréica

Dermatite seborréica

A dermatite seborreica é uma afecção de caráter crônico e recidivante com prevalência estimada em torno de 5%.

A etiologia está relacionada com a atividade das glândulas sebáceas, composição anormal do sebo e com o fungo comensal Malassezia furfur (Pityrosporum ovale). Fatores climáticos e emocionais interferem na evolução crônica.

Existem duas formas de apresentação, a infantil e a do adulto.

A DS infantil inicia-se entre a primeira e segunda semana de vida, é autolimitada, tende a resolução nos primeiros três meses de vida, afetando face, couro cabeludo e área das fraldas, com lesões eritemato-descamativas sem comprometer o estado geral. O tratamento nesta fase consiste nos cuidados com higienização, uso de emolientes e, quando necessário, administração de produtos a base de cetoconazol ou corticoesteróides de baixa potência sob orientação médica.

A DS do adulto inicia-se a partir da puberdade, atingindo seu ápice entre os 40 e 60 anos de idade, caracteriza-se por lesões eritemato-descamativas, preferencialmente, no couro cabeludo, orelhas, face, parte central tronco (pré-esternal e inter-escapular) e áreas intertriginosas (axilares, inframamárias e anogenital). O tratamento na fase adulta deve considerar a natureza crônica e recorrente desta afecção, necessitando, na maioria dos casos, de terapia de manutenção.

As medicações tópicas e/ou orais são instituídas de acordo com área acometida e intensidade do quadro clínico. Existem muitas opções no mercado farmacêutico, portanto, é muito importante o paciente ter seu tratamento individualizado por um profissional médico para garantir a sua eficácia.

Envelhecimento cutâneo

Envelhecimento cutâneo

O envelhecimento cutâneo é classificado em dois tipos principais: o envelhecimento cronológico (intrínseco) e o secundário à… +

Envelhecimento cutâneo

Envelhecimento cutâneo

O envelhecimento cutâneo é classificado em dois tipos principais: o envelhecimento cronológico (intrínseco) e o secundário à interação da pele com o meio ambiente (extrínseco ou fotoenvelhecimento).

O envelhecimento intrínseco é caracterizado por uma série de alterações metabólicas e genéticas que leva à perda progressiva de colágeno e à degeneração tecidual. É relativamente constante entre os seres humanos mas varia de acordo com gênero e raça. A pele se apresenta com textura lisa, atrófica, com perda da elasticidade além de rugas e manchas discretas.

O envelhecimento extrínseco resulta principalmente da exposição solar causando dano solar crônico (fotoenvelhecimento). A radiação ultravioleta é responsável por cerca de 80 – 90% do envelhecimento observado na pele. Provoca degradação e redução da síntese de colágeno na derme, assim como dano celular direto, que a longo prazo levam a alterações na textura da pele (espessamento), falta de viço (redução do colágeno), alteracoes de pigmentação (manchas), flacidez, rugas profundas, telangiectasias (vasinhos dilatados) até lesões de câncer de pele.

Face, colo e dorso da mãos são as áreas que mais apresentam sinais de envelhecimento devido à exposicão constante ao meio ambiente. Por isso precisam de cuidados especiais.

Os efeitos provocados pelo envelhecimento cronológico e pelo fotoenvelhecimento podem ser amenizados com:

  1. tratamento tópico: agentes clareadores, protetor solar, vitamina C, etc. A proteção solar é essencial para preservar a pele e também para prevenir o envelhecimento. Deve se iniciar na infância, sendo necessário evitar o sol entre as 10 e 15 horas (pico de radiação ultravioleta). Deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição solar e reaplicado a cada 2 horas. Além disso, uso de roupas e acessórios também devem fazer parte da proteção.
  2. tratamento sistêmico: fotoprotetor oral, antioxidantes (luteína)
  3. tratamento de rugas dinâmicas e sulcos: toxina botulínica e preenchimentos
  4. tratamento de lesões pigmentadas: agentes clareadores associados a peelings, laseres, luz pulsada.
  5. tratamento para textura da pele e flacidez: ultrassom microfocado (ulthera), radiofrequência, laser fracionado,
  6. tratamento para câncer de pele: exérese (retirada cirúrgia) da lesão, terapia fotodinâmica, uso de laser.

O envelhecimento cronológico da pele é uma manifestação cutânea do envelhecimento global que ocorre em outros órgãos e tecidos. Doenças como diabetes, hábitos como o tabagismo, dietas inadequadas e ausência de atividades físicas são fatores que podem influenciar toda a evolução desse processo.

Um estilo de vida mais saudável sempre acompanhado pelo uso correto do protetor solar são fundamentais para manter à vitalidade da pele.

Melasma

Melasma

Melasma é uma doença caracterizada pela presença de manchas marrom-acastanhadas a marrom-acinzentadas que ocorre em áreas de… +

Melasma

Melasma

Melasma é uma doença caracterizada pela presença de manchas marrom-acastanhadas a marrom-acinzentadas que ocorre em áreas de exposição solar. Afeta predominantemente as mulheres durante o período reprodutivo, e os homens em apenas 10% dos casos.

Existem vários fatores desencadeantes como: gestação, sol, calor, luz em geral, fatores vasculares e hormonais, estresse, fatores genéticos e raciais, etc.

O melanócito, célula que produz a melanina, é muito responsivo e reage produzindo mais pigmento por qualquer irritação e desequilíbrio no local ou ação dos fatores de risco. Acomete de forma simétrica as regiões malar, mandibular e central da face, e menos comumente antebraços e colo.

O tratamento do melasma ainda é um desafio para o dermatologista, principalmente por apresentar curso crônico e recidivante. Inclui:

  1. tratamento tópico: agentes clareadores (arbutin, ácido glicólico, ácido azeláico, retinóico, ácido kógico, vitamina C, cada vez mais se usa menos hidroquinona), fotoprotetor tópico com base para proteger da luz visível (lâmpadas e computador), peelings químicos.
  2. tratamento sistêmico: fotoprotetor oral , substâncias antioxidantes, ácido tranexâmico, glutationa (em estudo)
  3. Tecnologias combinadas: laser de baixa fluência Q-switched Nd-Yag (spectra laser), microagulhamento, laser fracionado não-ablativo, radiofrequência sublativa, peeling de cristal.

O Q-Switch laser produz pulsos muito rápido de alta potência de pico.

Ocorre uma fragmentação do cromóforo por efeito foto-mecânico (onda de choque). O laser funciona como uma “marreta” sobre o pigmento.

Cromóforos fragmentados são removidos pelo sistema imunológico.

Macrófagos fagocitam os fragmentos que são drenados pelo sistema linfático

As respostas ao tratamento são individualizadas. Pode haver recidiva se houver exposição ao sol sem os devidos cuidados. Isto ocorre porque, no melasma, os melanócitos tem um comportamento fisiológico alterado.

Atualmente associamos as tecnologias e/ou peelings à fotoproteção tópica e oral, além do uso de potentes antioxidantes orais para um melhor resultado.

Rosácea

Rosácea

A rosácea é uma doença inflamatória crônica com episódios de agudizações que acomete principalmente a face e… +

Rosácea

Rosácea

A rosácea é uma doença inflamatória crônica com episódios de agudizações que acomete principalmente a face e apresenta predileção por mulheres de pele clara entre 30 e 50 anos, sendo incomum na adolescência e idades mais avançadas. As formas mais graves são mais frequentes nos homens.

A instabilidade vasomotora consiste no principal mecanismo etiopatogênico. Existem vários fatores conhecidos que podem exacerbar o quadro cutâneo, como bebidas alcóolicas, bebidas quentes, alimentos muito condimentados, exposição solar, calor e frio.

As alterações principais são episódios de flushing, eritema, telangiectasias, pápulas, pústulas e infiltração, podendo estar presentes concomitantemente ou isoladas. O início do quadro clínico é insidioso. Uma complicação tardia e pouco comum é o rinofima (hiperplasia nasal). Este é mais comumente encontrado em homens, representando um problema cosmético importante. As manifestações oculares ocorrem em cerca de 50% dos pacientes. Nestes casos, os mesmos devem ser conduzidos juntamente com o oftalmologista.

Existem várias opções terapêuticas, como tópicos (metronidazol, ivermectina, ácido azeláico, protetores solares), orais (tetraciclinas, metronidazol, isotretinoína, picnogenol), luz pulsada, laser Nd:YAG Q-switched (Spectra®), aplicação de toxina botulínica e, para os casos de rinofima, laser de CO2 ou outros procedimentos cirúrgicos.

Visia

Visia

A Visia é uma moderna tecnologia digital, capaz de fazer um mapeamento minucioso da pele do rosto,… +

Visia

Visia

A Visia é uma moderna tecnologia digital, capaz de fazer um mapeamento minucioso da pele do rosto, DETECTANDO MANCHAS E LESÕES MUITAS VEZES INVISÍVEIS A OLHO NU, auxiliando no diagnóstico mais preciso.
Analisa os danos causados pela exposição ao sol a partir de imagens com luz ultravioleta e luz polarizada e mostra, em alta resolução, a presença de rugas, sulcos, manchas, sardas, pintas, melasmas, vasinhos, lesões de acne e cicatrizes, comedões (cravos), poros dilatados e erupções elevadas na pele.

Ajuda na definição de uma conduta terapêutica eficaz para cada caso e possibilita acompanhar a evolução do tratamento a comparando a pele antes e depois do procedimento, sempre nas mesmas posições: frontal, perfil D e perfil E.